segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Quase no fim de mais uma etapa. E agora José?

Estou a dois passos... do paraíso.
Quer dizer a duas sessões do término da radioterapia parte II.   
Estava pensando em que postar, tenho um post na minha cabeça a dias, mais ando sem forças pra discussão. Sem paciência pra certas coisas... Melhor esperar.
Buenas,vamos ao meu umbigo;  na terça faço a ultima radio, a consulta pra alta, a consulta com a médica das quimios para ela pedir os exames de controle e outra consulta com o gineco pra marcar o dia da cirurgia, que será no começo de outubro.
A retirada do ovário será necessária para induzir a minha menopausa ( me senti veeelha)e poder tomar por 5 anos o Anastrazol (Arimidex), pesquisas informam que em relação ao Tamoxifeno, o Anastrazol tem mais vantagens, porém no Brasil, o custo-benefício deste tratamento ainda não foi aprovado, o tratamento com tamoxifeno ( inclui exames ,etc) custa aos cofres públicos R$ 563,67 o Anastrazol custa R$ 1.929,10. Imagina quando será aprovado? Mas como toda droga tem muitos efeitos colateriais, além de eu ter os tais calorões da menopausa e não poder tomar hormônios, porque os hormônios é justamente que alimenta o Ca; o remédio prejudica o coração e a probalidade de doenças ósseas, no meu caso, o caso é o seguinte: se correr o bicho pega, se ficar o bicho come, porque tenho “pobremas cardíacos e ósseos. Quem se interessar no assunto, pode ler um artigo que encontrei muito interessante, esclarecedor e estarrecedor http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-42302009000500015; eu me sinto privilegiada de ter uma médica, que mesmo sabendo como é difícil o remédio, me olhou com um ser humano único, e  pensou em mim, não em cumprir protocologos e fazer o que é melhor ao SUS, não a Lilian. Mas se eu pudesse escolher, não faria esta cirurgia, não agüento mais exames, agulhas, dor, sofrimento,  e tem um tantinho de medo.  Embora eu saiba que é o melhor , buscaria uma alternativa se pudesse.
Então pensei, não fosse a cirurgia, agora seria só controle e remédio... Am? Cuma? Já? Como assim acabou? E agora o que farei?  Não é estranho que eu estranhe o fim? Que eu sinta medo de por o pé lá fora, de voltar a vida, e não é o que eu quero tanto? Ai, ai, to precisando de terapia... Mas eis que vou ler o blog da minha linda doutora Marina e ela escreve justamente sobre isso, vou transcrever um trechinho:
Era para eu estar a mais feliz, né? Mas não estou... Estranho, não? não sei se é porque dá um medinho de voltar à vida "normal" (se bem que continuarei afastada do trabalho por mais um tempinho...ai ai!), não sei se é porque, ao mesmo tempo que a QT é uma desgratcha, a gente se sente meio segura quando está sob os efeitos diretos dela, não sei se é porque já estou cansada disso tudo mas não estou soltando fogos de artifício por estar acabando a pior fase do tratamento... Resumindo estou é confusa com meus sentimentos! Não sei em que parte da vida estou. Que ponto colocar nesse meu momento: ponto final (espero que não, a não ser que eu vá para um novo parágrafo ou melhor, puder virar a página... ADORARIA!), reticências (essa não! Quero fechar esse ciclo!), vírgula, dois pontos, ponto e vírgula, exclamação ou interrogação (esse tem "bombado" ultimamente).http://ninameninadepeito.blogspot.com/ 

A cabeça da gente realmente é uma caixinha de surpresas. Esta semana será decisiva em minha vida, e eu nem ouso em comemorar, por pura covardia mesmo. Mas será também mais curta, apenas dois dias me separam da minha volta a minha casa, com boas notícias, com esperanças de cura,  com datas marcadas, com pelo menos meia carta de alforria nas mãos. 
Que esta semana seja abençoada a todos nós por Deus nosso Senhor e seu filho amado Jesus, protegida pela unção do Espirito Santo,amparada por Maria Santíssima e que possamos nos fortalecer para enfrentar o que nos foi dado.  


4 comentários:

✿ chica disse...

Lilian, acredito que seja normal esse medinho de voltar à rotina normal. Vais achar diferente novamente tudo.


Mas vai firme, será legal.Tudo vai dar bem! beijos,linda semana,chica

Vera do sullllllll disse...

Olá!
A gente se acostuma com as coisas ruins....então vai ser muito bom nos acostumarmos com as coisas BOAS e vai ser FÁCIL....
A tua carta de alforria já esta quase nas tuas mãos, a minha só chegará em meados de outubro....quero agarrá-la e começar a viver tudo aquilo que, não me foi permitido viver neste ano.
Acredito muito que ainda teremos muito tempo e precisamos nos organizar para viver este tempo, de forma maravilhosa e feliz...
Bjs

O SOL do amanhã... disse...

Eita essa é a terceira vez que escrevo e na hora de postar o computador diz que eu não tenho acesso a isso, como assim? Vou dar na cara dele!!

Amada
acho que nós humanos temos uma facilidade muito grande de aceitar as coisas, e acho que isso é bom porque temos a capacidade de transformar a dor, o sofrimento em esperança e FÉ. Tenho certeza que vc se acostumara rapido com todas as maravilhas que a nova vida reserva, espero muito em breve também postar a alegria de ver tudo isso chegando ao fim...
Um bjo enorme!!!

Cristina disse...

Também já me senti assim, e agora? Acabou? Que fazer? Depois de tantas coisas né Lilian é normal que sinta assim. Mas saiba que admiro muito você, muito mesmo, soube administrar tudo sem perder a fé. To na torcida sempre! Bjssssssssss

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!