domingo, 21 de novembro de 2010

Familia ê, familia a. Familia...

__Filho estuda, filho arruma um trabalho, usa camisinha, me livre de neto. Filho cuidado nestas baladas. Filhaaa, que saia curta é essa? O que? Quem é esse malacabado no portão? Meia noite em casa em? ( isso nunca dá certo) Filha estuda, fica independente, arruma um marido rico ( mas a gente mesmo casou 2 vezes com pobre e por amor, kkk) já tomou banho? Junta esses papeizinhos de absorvente do chão sua porca, , olha esse guarda-roupa, que relaxada que você é ( mas ai de alguém que ouse ofender um filho seu); escovou os dentes? Fez tarefa? Já comeu? Sai da net menina(o)...Poe blusa, leva o guarda-chuva, veste o calçado, sai de dentro da geladeira (eles acreditam que abrir fechar sucessivas vezes fará alguma prato extraordinário se materializar ), não bebe água no bico, quem bebeu toda água da geladeira? (também nunca se encontra culpados). Que notas são essas?  


Antes de conhecer a Bi e trocarmos informações “familiares”, eu realmente achava que a minha família era digamos, difícil. Nossa! Quatro filhos, cada um em uma fase de vida, com  necessidades e dilemas diferentes pra suprir ou suprimir. Cada um com seus dramas, todos pedindo atenção de mãe. Descobri que não estava só. Câncer? Isso a gente tira de letra.
Não tem quimio que coloque juízo em filho, radioterapia que pague faculdade, arrume armários, proteja-os de todo mal; nem hormonioterapia que dê jeito no humor do marido, cheio das novidades do trabalho pra te contar, das quais você não entende a grandeza nem a profundidade do assunto, implicando com as crianças, com o pão que torrou um pouquinho mais, com o saco de lixo que esqueceram de por pra fora,com o tempo que passa no MSN; querendo sexo e você fechada pra balanço,ou não querendo e você estranhando. Com o tratamento, ficamos mais introspectivas, cansadas, carentes. E eles fazendo os planos deles, fazendo tudo do jeito deles. De repente a coisa começa a sair do controle,vem aquela vontade de fugir pro Caribe (sem o doutor? Nunca),então chega a hora de lembrá-los que ainda está viva, AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
Todo mundo para (ela voltou) e escuta teus gritos, seus lamentos à itaiana( vale dar uma forçadinha na barra), pondo freio nas atitudes egoístas, nos atos impensados, na casa desorganizada, e principalmente, lembrando-os que ainda precisa de carinho, de atenção, de repouso, de respeito. As coisas se ajeitam, (pelo menos até o próximo piti) e vamos todos comer camarão, tomar sorvete, ir ao club, viver aquele momento família que tanto teve medo de perder. E não perdeu. Graças a Deus. Porque doida ou não, chique ou caipira, complicada ou sem noção, é a sua família. E ai de quem se meter com ela. Família é a base de tudo. Porto seguro, cama quentinha, aconchego e muitos, muitos desafios.
Ah! qualquer semelhança com a sua família, não é mera coincidência!

"O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem." Guimarães Rosa



9 comentários:

Lucia Lombardi disse...

Lindo amiga lindo, família projeto de Deus!
Bjus

Eliane Furtado disse...

Oi fazia tempo que não visitava vcs. Tenho aproveitado a trégua.
Cheguei na hora certa. Adorei a estória, as fotos e especialmente a frase final.
Acho que vou copiar.
Vá para o Caribe sim!!!!!!
Com telefone, agenda do Doutor e todos os contados dele familiares. ksskskksks

Cristina disse...

Lilian e Bibi
Tem horas que uns gritos, sair fora ajuda e muitooooooooooooo rs... Olha família é tudo de bom, mesmo a gente sabendo dos desafios do dia a dia. O que seria de nós sem eles não é? E como vocês estão? Bibi já fez a última quimio? E vc Lilian como está a radio? Mandem notícias pelo orkut! Bjssssssssssss

Patrícia disse...

Meninas, é impressionante como vocês conseguem traduzir em palavras o que a gente pensa e sente!!! Beijos

Sabrina disse...

Família é essa doce confusão mesmo!!! E a gente aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaamaaaaaaaaaaaaa!!!
Beijos com amor,
Sa

Lilian disse...

Olá meninas, dei uma fugidinha da pensão e zás pra lan house. Só pra matar a saudades de vocês. Sinto tanta saudades, mas já providenciei uma net 3g, e viva a tecnologia

Aninhagrin disse...

Sensacional! Adorei! Bjão meninas

MARIA LUIZA disse...

oiii meninas, fiquem calmasss, os filhos crescem (dai piora hein) kkkkkk, olha que estou dando trabalho lá para D.Maria Antonieta, ela passou por tudo isso ai hein, ( e em dobro, pois tenho uma irmã gemea)kkkkk, ainda bem que no nosso tempo nao existia a tal da internet diz o meu pai, mas como diz a frase " ser mãe é padecer no paraíso". beijosss saudadessss

luiza disse...

liliammm minhz flor, estava contando com agente se ver amanha dia 25, mas nao vai dar amiga, o gato, super gato do nosso médico nao autorizou eu fazer a quimio, estou com muita anemia, agora amiga acredito no que vc me dizia como couve, brocolis, figado heheheh, entao vamos la, nem que eu fique verde kkkkkk. Terça feira farei outro hemograma e fiquei de enviar a ele, se posso ou nao fazer na proxima quinta, to com saudadeeeee minha nega linda. E as radios??? como está???
beijos beijoss

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!