sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Ontem dei “peti”; braço inchado, o local da cirurgia ardendo, uma herpes labial bem crescidinha, infecção urinária e como se não bastasse  “aquela” dor que a taxol me proporciona, uma mistura de atropelamento, com trituramento. Surtei, chorei feito criança. Pare o ônibus que eu quero descer! Num “telo” mais  brincar dessa brincadeira!
Ali naquela hora, qualquer coisa pra não sentir mais dor. Desisti. Mas foi um desisti de brincadeirinha também, Deus sabe que não foi de coração, foi só cansaço, foi só uma paradinha, um momento pra respirar e voltar. E ai de mim se não voltasse. Vocês não sabem como eu sofro, Bibi me ameaça bater com um gato morto ao menor movimento meu. Minha Bibi, não teria chegado aqui sem ela, apesar de tudo, ainda tenho esse que agradecer a doença, o encontro com esse ser de luz, que me “alumeia” quando apago minha própria luz.
Foi bom não ter falado sobre a mastectomia, eu teria dado mais importância que ela merecia, não que eu não sinta o vazio do lado esquerdo do meu sutiã; mas ali também está me coração e ele ainda pulsa...
Finalmente, depois de alguns dias pós cirurgia, pós quimio eu respiro...Foram tantas emoções e olha que engraçado, eu sobrevivi a todas. Ao medo, as incertezas, a dor (#*%$#@), a mutilação, a Bibi me contando causos me fazendo morrer de rir e eu segurando o dreno, os pontos, aos meus acidentes com ele e Bibi mentindo pra me acalmar: não te preocupa, tu puxou só 2 cm de dreno, tem uns 15 cm ainda “pa dentro”( mentira...tinha 30)quando tiraram eu bem vi. Tudo isso em tão pouco espaço de tempo que a sensação que tinha era estar submersa.
Agora é voltar à superfície, respirar e continuar nadando.
Isso me lembra Lulu Santos:  Nada do que foi será, De novo do jeito que já foi um dia
Tudo passa; Tudo sempre passará ; A vida vem em ondas , Como um mar , Num indo e vindo infinito
Tudo que se vê não é, Igual ao que a gente viu há um segundo,  Tudo muda o tempo todo
No mundo
Não adianta fugir , Nem mentir , Pra si mesmo agora, Há tanta vida lá fora,  Aqui dentro sempre, como uma onda no mar...

E já que tem tanta vida lá fora. É hora de replanejar...




    

8 comentários:

daniel disse...

Vc vai superar todo esse perrengue, Lilian.Conta a lenda que as amazonas se automastectomisavam (putz, que palavrão!)para poderem manusear melhor o arco e flexa. E ainda saírá disso mais forte e experiente, pro que der e vier nessa vida. Força. paz e saúde. Bjão.

Sabrina disse...

Querida Lilian,
te entendo que às vezes dá vontade de parar o busão e pedir pra descer mesmo!! Mas essa vontade passa logo, logo...porque nossa força é muito mais forte do que tudo!!!
Segue firme aí... daqui eu vou me preparando pra cirurgia que será quinta...
Beijo no coração,
Sa

bibiana patricia disse...

A todos quero explicar que...
Lilian voce é minha amiga que amo!! E não sou nada disso tudo...falei pra Li..sou a troca de nossa energia!
Muitas vezes tb quiz descer do onibus, mas perdi a parada porque falo d+!!kkk
E Dani, obrigado , não lembrava das amazonas!!
Sa minha flor,vai com fé, tudo é muito rapido e simples!! Eu garanto!! e eu errei so alguns cm na medida do dreno!!rsrsrs

Lilian disse...

Daniel, eu ja to tendo tanta força, que eu olho e não acredito que sou eu, e não é mesmo, não a mesma que entrou nesse busão, mas a Lilian feita da troca de todos vocês.
Sabrina, ficaremos aqui torcendo por você, rezando para que Deus a abençoe e a seus médicos.Ah, tu tem a Bi no msn? Evita falar com ela e vai dar tudo certo...
Amiga...Cansamos sem cansar, desistimos sem desistir, deprimimos sem deprimir, somos irmãs que estávamos perdidas e que bom que o destino uniu, não importa a que preço. Vale a pena!!!

Cristina disse...

Lilian, me emociono ao ler seu texto, eu tb não queria ter entrado nesse " busão" Estava tão bom do lado de fora dele, mas se Deus permitiu que entrassemos é que precisava de nós todas dentro dele, ajudando umas as outras. Foi tão bom connhecer todas vocês, tenho vontade de abraçar a todas, pois falamos a mesma língua. Logo você já saiu desse turbilhão, voltará a ser a Lilian, cheia de alegrias e renovada, em nome de Jesus! Um abraço da sua amiga de luta! Bjssssssssss

Celia Carvalho disse...

Amiga continue com essa garra, breve estarás bem, sua fé e sua força muito te ajudarão.Conte comigo, estou na comunidade da Marilisa. Lá nos encontraremos sempre.Deus te abençõe hoje e sempre. Beijinhos de muitíssima luzzz!!!

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...traigo
sangre
de
la
tarde
herida
en
la
mano
y
una
vela
de
mi
corazón
para
invitarte
y
darte
este
alma
que
viene
para
compartir
contigo
tu
bello
blog
con
un
ramillete
de
oro
y
claveles
dentro...


desde mis
HORAS ROTAS
Y AULA DE PAZ


TE SIGO TU BLOG




CON saludos de la luna al
reflejarse en el mar de la
poesía...


AFECTUOSAMENTE
DOS NOSSOS LIMOES





ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE CACHORRO, FANTASMA DE LA OPERA, BLADE RUUNER Y CHOCOLATE.

José
Ramón...

Blog de português disse...

Meninas, parabéns pelos posts. Também tenho sofrido um bocado com o taxol mas sei que logo isso vai passar e o que ficará disso tudo será o aprendizado e as pessoas maravilhosas que conhecemos.
Beijos

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!