quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Orientações a pacientes mastectomizadas


Fiz mastectomia a alguns dias, e há muito dúvida em relação ao esvaziamento axilar, encontrei esta fonte que achei bem sucinta e elucidativa,principalmente a parte dos cuidados com o dreno e curativos. Espero que ajude quem irá passar por isso, e quem já passou, será que podem nos dar um help? Em nossas intermináveis conversas eu e Bibi questionávamos sobre todos os cuidados com o braço pós esvaziamento; depilação, ferimentos e as restrições ao desodorante, que apenas dizem que o ideal é que seja em bastão e sem álcool, mas falando de mulher pra mulher, que desodorante é esse, onde e que marca encontrar? Higiene é bom e a gente gosta.
Tudo bem ficar tortinha, com uma tartaruga no lugar do peito, com o braço desobediente, mas fedida? Fedida JAMAIS...








A mastectomia é uma cirurgia de retirada total ou parcial da mama, associada ou não à retirada dos gânglios linfáticos da axila (esvaziamento axilar). O pós operatório requer alguns cuidados, principalmente com braço do mesmo lado da mama operada. 

Importante
• O local operado e a outra mama devem ser examinados mensalmente. Alterações na temperatura ou na coloração da pele e o aparecimento de caroços devem ser comunicados ao médico imediatamente.
 
• É muito importante o exercício das atividades diárias e de lazer.
 
• Em caso de machucado no braço do lado da mama operada, o paciente deve fazer curativos todos os dias e manter a ferida coberta até a completa cicatrização. Se o machucado persistir, procure o seu médico.
 
• Após a cicatrização completa da ferida operatória, a pele deve ser hidratada com cremes. Próteses externas só devem ser usadas quando a região estiver totalmente cicatrizada e sob orientação médica).

Recomendações sobre Esvaziamento Axilar 
• Os vasos linfáticos ajudam a proteger o organismo de infecções e corpos estranhos. Pacientes submetidos ao esvaziamento axilar não têm o sistema linfático do lado operado tão eficiente, e por isso devem ter alguns cuidados especiais.
• Queimaduras, arranhões e cortes se tornam mais perigosos nesta região, por isso devem ser evitadas injeções, vacinas e retirada de sangue. A pressão deve ser constantemente verificada.
Evite no braço do lado operado 
• Cortar cutícula com alicate e roer unha
 
• Costurar sem dedal
 
• Picadas de insetos e mordidas de animais
 
• Contato direto com substâncias irritantes, como cloro ou solventes
 
• Carregar bolsas ou pacotes pesados e usar roupas ou objetos que apertem a região
 
• Evitar o sol das 10h às 15h e usar sempre filtro solar
 
Use no braço do lado operado 
• Removedor líquido para cutícula
• Luvas grossas quando estiver trabalhando no jardim, usando esponjas de aço ou lidando com o forno
• Loção depilatória ou tesoura para remover os pelos das axilas
• Desodorante tipo bastão e sem álcool, são os mais adequados
 
Procure o médico 
• Em caso de febre ou dor forte no local operado e que não melhore com o uso de medicamentos
• Vermelhidão e inchaço no local da cirurgia ou no braço do local operado
 

O Dreno 
O dreno de sucção é um material feito para retirar a secreção produzida após a cirurgia.
• Mantenha o dreno sempre preso à roupa
• Use roupas mais largas para acomodar bem o dreno
• Esvazie o coletor duas vezes ao dia (pela manhã e à tarde). Não se esqueça de anotar a quantidade de secreção que saiu
Para esvaziar o dreno
• Lave bem as mãos com água e sabão;
• Pince o tubo;
• Esvazie a bolsa sanfonada dentro de um frasco graduado, como uma mamadeira, copo ou jarra;
• Aperte e tampe a bolsa sanfonada e solte o pinçador do tubo;
• Verifique e anote a quantidade de secreção;
• Jogue fora a secreção no vaso sanitário;
• Lave as mãos.

Curativos 
• Devem ser trocados todos os dias
 
• Proteja-os com um plástico no banho para que não fiquem molhados e faça a troca a seguir
Para trocar os curativos 
• Lave as mãos com água e sabão;
• Ferva água filtrada e deixe esfriar em um recipiente com tampa;
• Descubra seu curativo e lave as mãos novamente;
• Jogue um pouco de água fervida na gaze esterilizada e limpe a ferida suavemente;
• Cubra a ferida com gaze esterilizada e prenda-a com esparadrapo ou fita adesiva;
• Lave as mãos mais uma vez


Cuidados com a drenagem
Comunique a equipe da sala de curativo se:
1 - A cor da secreção se tornar vermelha brilhante, com aumento da quantidade da drenagem. 2 - O dreno sair acidentalmente. 3 - Se durante 24 horas não houver nenhuma secreção na bolsa sanfonada. 4 - A bolsa sanfonada estiver ficando cheia de ar (ou seja, ela se enche de ar sozinha, mesmo após fechada), o que pode significar vazamentos por orifícios.


29 comentários:

Cristina disse...

Meninas aqui eu tive uma palestra sobre os riscos de linfedema quando se faz abordagem ou esvaziamento axilar. Ele pode aparecer até 10 anos depois da cirurgia. Quanto aos desodorantes, me foi falado para usar o líquido sem álcool e sem perfume. Como estou fazendo a radio tem que ser em bastão. Tem o Dam que vc acha na farmácia, tem o da Natura sem álcool e sem perfume. Tb tem da boticário. Todos eles estão na faixa de 12 reais. Confesso que sinto falta de usar com perfume, mas não posso. a radio deixa tudo irritado. Fiquem com Deus! E vamos em frente! Bjssssssssssssssssss

Mulher de Peito disse...

Também tenho pesquisado muito sobre esse assunto, já que em breve, será a minha vez.
Mas tudo o que encontro é didático, importante, mas não deixa de ser frio. O bom mesmo é o teti-a-teti, é o como foi com você?
Isso me ajudou muito nas quimios.
Obrigada.

Eliane Furtado disse...

Acho muito importante estes esclarecimentos. Complementam os médicos. E as pessoas gostam de perguntar e perguntar de novo.
Firme e em frente. A vida está fervilhando!

câncer e minhas emoções disse...

Bom dia , segundo médico não há restrição ao uso de perfumes , ou qquer tipo de desodorante,nada provado cientificamente que não pode. Depilação somente com creme" depilatorio ( depilar com cera quente jamais),ou os chamados presto_ barba , ou lady , sempre com cuidado de não se ferir , pedindo para alguém ou olhando no espelho,pois o braço já não possui (devido ao esvaziamento) defesas" , cutila não se faz mais, se empurra, de preferência com seu ppio material.Nunca carregue peso ,sacolas , bolsas sobretudo quem operou agora, eu carreguei duas sacolinhas...ponto estourou ...mas só susto"".O braço por vzs sente-se inchaço sensibilidade é temporariamente perdida.Ah não durma sobre o braço é considerado peso tbém.Uma pomada que foi de grande valia passo até hoje é ``contractubex``ajuda na cicatrização interna bem como externa.
Beijão..

nanna galdino disse...

existe um desdorante de uma marca chamada forevert http://foreverliving.com.br/ e ele e super suave e em bastão e ainda tem um perfuminho delicado naum sei se vc vai poder usar mais sempre que depilo com laser a dermatologista me recomeda por ser bem suave e a base de aloe vera eu compro a uma revendedora mais acho que no site deve indicar como comprar por ai ele é em torno de R15 mais é grande e dura uma eternidade.
bjão nanna galdino

Marcia Lucas disse...

Tem um desodorante da Rexona que é sem álcool, e quem cuidou dos meus pontos, curativo e o dreno foi meu médico não deixava ninguém por a mão em mim!!Fiquei muito segura com isso!

Anônimo disse...

FIZ MASTECTOMIA 28 DE OUTYUBRO DE 2009,ATÉ HÁ MAIS OUMENO3 MESES ATRAZ,MEU BRAÇO NÃO INCHAVA,MAIS DEPOIS DE DE I ANO E 10 MESES O BRAÇO COMEÇOU AINCHAR E BASTANTE,O FISIOTERÁPEUTA RECOMENDOU A AQUELA MEIA PARA O BRAÇO,NOSSA!! QUASE INSUPORTAVEL QUERO SABER SE TEM MAIS ALGUMACOISA QUE SE POSSA FAZER PARA DESINCHAR MAIS DEPRESSA.AQUI EM RONDONIA EMUITO QUENTE

Anônimo disse...

Fiz mastectomia em 2007, de lá pra cá meu braço nunca inchou, mas de vez em quando sinto uma pequena dor e cansaço na dobra do braço, por duas vezes inchou um pouco o meu dedo anular, dai eu faço drenagem linfática e passo diclofenaco dietilamônio e melhora.

Anônimo disse...

ola tbm passei por a 1 mes....mas, gracas a Deus to bem ,mt bem,tudo passa, e tudo se renova. bjs,mineira com esperanca.....

rosa disse...

Oi gente, tbm fiz mastectomia em 2005 gloria a DEUS estou curada fiz todo o tratamento em obdiencia pois dede o começo já sabia que estava curada,é isso ai tudo passa e tudo se renova JESUS os abençõe, bjs.

03 de outubro de 2012 13:27

Anônimo disse...

estou a tres meses de operada da mama,fix mastectomia aradical,não esvaziei as axcila mais tou com muita dor no musculo do braço esquerdo e no ombro e expansora me encomoda, pode me dar uma dica?

Lisiane Osório disse...

Fiz mastectomia no dia 24 de outubro de 2012. Devido ao esvaziameto axiliar, ainda sinto muita dor no braço e na mão do lado operado. Quanto ao desodorante, meu médico também não fez nenhuma restrição, então optei por usar um em creme da Panvel, por tornar a aplicação mais fácil e fora do local de cicatrização. Em dezembro inicio as quimios e as radios, mas com fé que logo isso tudo vai passar! Bjs

Lisiane Osório disse...

Fiz mastectomia no dia 24 de outubro de 2012. Devido ao esvaziameto axiliar, ainda sinto muita dor no braço e na mão do lado operado. Quanto ao desodorante, meu médico também não fez nenhuma restrição, então optei por usar um em creme da Panvel, por tornar a aplicação mais fácil e fora do local de cicatrização. Em dezembro inicio as quimios e as radios, mas com fé que logo isso tudo vai passar! Bjs

Mary Coelho disse...

Fiz a cirurgia no dia 13 de dezembro de 2012, mas não fiz esvaziamento da axilia.... vai fazer um mês ainda e graças a Deus não to sentido nada... gente tenha força, FÉ em Deus e tudo dará certo...

Anônimo disse...

Fui diagnosticada com câncer de mama e fiz mastectomia radical, com retirada do linfonodo sentinela e mais uns dois ou três (acho), por desencargo de consciência (rs) em fevereiro/2010. Após 6 meses da cirurgia comecei a sentir dor persistente e intensa na região da mama, axila, cotovelo e punho, com alguns episódios de inchaço. Seguindo religiosamente o acompanhamento multidisciplinar pós cirúrgico comecei a questionar junto ao mastologista e ao oncologista a dor intensa em toda parte superior do toráx esquerdo. Foi então que meus problemas começaram. Voltei a trabalhar, mesmo com as queixas, tendo um aumento da dor e inchaços. Eu com 30 anos de trabalho, ininterruptos, comecei a ser um "estorvo" em todos os lugares da readaptação. Sempre fui uma excelente funcionária (sou servidora pública federal do poder judiciário), com elogios em pasta funcional por magistrados, eleita por meus colegas várias vezes como funcionária padrão, sempre ocupei cargos de chefia (graças ao meu esforço e competência-sem QI- quem indica). Em decorrência das sequelas tirei várias licenças, saía com frequência para consultas e exames, passando a ser uma servidora que ninguém queria. Fui considerada pelo mastologista e oncologista como uma paciente multi queixosa, afinal a dor era minha e eles não tinham explicação para justificar as dores e passaram a me negar atestados médicos. Fui acusada, veladamente, de estar tentando forçar uma aposentadoria por invalidez. Sozinha e sem apoio comecei a faltar injustificadamente, já que tinha dias que não conseguia sequer movimentar meu braço, ombro e mão, estava movida a tylex e tylatil. Comecei então a buscar outras especialidades médicas: clínicos, ortopedistas, reumatologistas, fisiatra até saber que existiam médicos da dor. Resumindo, agora fui diagnosticada com Síndrome Dolorosa Pós Mastectomia, que por ser crônica e não tratada no início, desencadeou a fibromialgia. Não consigo mais realizar as minhas funções no trabalho, nem na minha casa. O mastologista se nega a me fornecer um laudo do procedimento cirúrgico feito (fala que eu quero acabar com a reputação dele), o oncologista, que após uma mamografia com diagnostico de linfonodos volumosos à esquerda, presença de mama acessória à esquerda e descontinuidade das fibras musculares do peitoral, ficou sem saber o que fazer. Peço orientação à vocês: alguém conhece essa Síndrome? ela é tratável? é curável? como devo proceder de agora em diante?
Venci o câncer com meu otimismo, bom humor e fé, muita fé. Quero vencer essa etapa da mesma forma.
Aguardo retorno de vocês.

Anônimo disse...

Fiz a mastectomia em fev/12 mas sem esvaziamento axilar, agora em dez/12 foi detectado na ressonancia um linfonodo muito aumentado, foi feito uma punção e o resultado é suspeito de malignidade. Vou operar na próxima quarta feira. Confio que tudo vai dar certo mas morro de medo de ter de usar aquela meia elástica, afinal aguentar o rj 40º vai ser dose, mas creio em Deus que tudo vai ficar bem. Vou vencer mais essa etapa. Quanto ao desodorante eu uso o ALOE ever-shield da forever. è comprado nas farmácias e é muito bom porque além de não conter álcool também não tem alumínio. Agradeço por esse espaço para falar e até mais.

Nastenka noites brancas disse...

Oi amiga,
sou mais uma que se trata no INCA aqui do Rio.
Ultimamente tenho achado meu braço um pouco inchado, mas fazer o que, com esse calor de 40 graus aqui?
Passo todo dia a esponja levemente fazendo uma massagem linfática natural...apenas com um creme de massagem.
Sou prof. de dança do ventre e a fisioterapeuta me falou que isso é muito bom, pois eu movimentos bem os braços, apenas não posso fazer força e nem pegar peso, até blusa com elástico nas mangas eu procuro retirar os elásticos, para não apertar.
Façam dança do ventre meninas...e ficam na paz de Deus!
Beijos

Anônimo disse...

Third, distributors are so confident in its abilities that they give money back
guarantees for folks who try it out.

Here is my website diamondlife.Ning.com

Clícia Rocha disse...

Olá, boa tarde!
Sou Clicia Rocha,estou buscando orientações para a minha avó, ela realizou a cirurgia há 15 anos atrás, porém está sempre com com o braço enfaixado devido o inchaço, gostariamos de saber se existe algum medicamento para desinchar?
por favor, podem nos ajudar com orientações para evitarmos esse problema?

Anônimo disse...

Olá boa noite!
Sou Karina e em julho/2012 minha mãe foi diagnosticado com essa doença, desde então não paro de pesquisar. Graças a Deus este ano dia 22-08-13 foi realizado a cirurgia dela. Foi um sucesso a cirurgia, ela fez a mastectomia com esvaziamento da axila. Ela retiro o dreno com 12 dias, mas ela acha que esta com liquido na área que foi retirada a mama, ela não senti dor é normal? Alguém pode me orientar.
Desde já agradeço a todas e desejo tudo de bom, nesta luta contra essa doença, tenho certeza que todas nós iremos vencer.
Bjs

Anônimo disse...

oi gente sou nene fiz esvaziamento tambem recente é normal o embaixo do braço sentir como se estivesse um ovo?

Sedinaia Fortes disse...

Olá! também fiz a cirurgia de mama com esvaziamento axilar, no ano de 2012, noinício perdi a sensibilidade , mas hj ela já voltou quase q ue por completo, só que agora tenho bastante inchaços na mão e braço, meu organismo também ficou mais cansado. Faço exercícios diários e todo o serviço doméstico, meu braço praticamente sempre é mais inchado maior que o outro. Queria saber se tem algum procedimento para que desinche mais rápido? obrigada.

gege disse...

ola fiz o quadrante na mama e esvaziamento axilar em 2012 graças a Deus nao estou sentindo nada e faco tudo em casa

Eugenia Chavea disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eugenia Chavea disse...

Olá queridas! Espero que todas estejam bem pela graça de Deus.
Fiz mastectomia e gostaria de saber mais sobre a meia elástica e seus efeitos.
Alguém pode me ajudar?
Apesar do clima da minha cidade ser super quente, mas gostaria de obter informações a respeita da meia e se ela previne o famoso linfedema.
Grata

Solaris disse...

Andei investigando sobre ozonioterapia para linfedema e parece ter ótimos resultados, não só pra isso, mas para inúmeras outras doenças e tem também a auto-hemoterapia. Investiguem sobre, vale a pena!

Solaris disse...

Andei investigando sobre ozonioterapia para linfedema e parece ter ótimos resultados, não só pra isso, mas para inúmeras outras doenças e tem também a auto-hemoterapia. Investiguem sobre, vale a pena!

Anônimo disse...

Querida, linfonodos volumosos e mama acessoria. Vc precosa se rrportar ao mastologista, pw cadeia de linfonodo aumentado, precisa ser reavalida do cancer de mama. Trabalho nesta area e posso tr dizer q mama acessoria, e uma area onde predomina as mesmas csracteristicas fisiologicas e funcionais da mama, e merece ser oesquisada e ate esmo retirada. Sugiro fazer novos exames.boa sorte

Lidiane Vasconcelos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!