terça-feira, 13 de março de 2012

Sei lá, entende?

Eu não sei ao certo como estou me sentindo pós diagnóstico da metástase na coluna. Mas desesperada com certeza não mais.
Ouvir um não tem cura, vamos trabalhar com tratamento paliativo, foi algo realmente bem cruel para quem vive na esperança da cura. Na hora o baque foi tão grande que eu só ouvi isso e bloqueei os demais sentidos. Mas passado o susto inicial, como sempre, eu fui internalizando o diagnóstico, pesquisando sobre outros casos, sobre os rumos que o tratamento irão tomar e fui crescendo, crescendo em minha fé.  
Enfim, eu me recuso a tratar algo incurável, porque simplesmente me recuso a pensar que algo não tenha cura, eu não tomo isso como verdade em  minha vida, não tomo posse dessa “imposição”, era isso na verdade que me incomodava, como assim, não tem jeito, não tem mais cura e Deus? E o meu Deus que é o Deus do Impossível ? Onde fica? Não, não vão tirar de mim o que me mantém viva e firme na luta, que é a fé , a crença  no Poder de Deus em minha vida. Na crença que sou sua filha e como sua filha herdeira das promessas.
Tenho recebido muitas visitas, cada qual com suas crenças, religiões, convicções e é claro, entendo perfeitamente que tenham que falar, me aconselhar conforme essas crenças, ai do cristão que se calar, isso tem fortalecido minha fé, embora eu não pense igual a algumas pessoas, as respeito e agradeço, agradeço muito por orarem por mim, comigo, tenho me sentido tão melhor. 
Fiz o reforço da quimio na sexta e como tinha muita dor, morfina na Lilian, ri da minha nóia, poxa eu fiquei fora do ar, eu pensava, mas meu pensamento não chegava em minha boca, as palavras não saiam, Dirceu ficou bem atordoado, eu ria de estar bêbada daquele jeito e fazia graça com ele, num “tintia” nada. De volta pra casa, as dores têm sido menores, se posso até as suporto, o que tem me deixado apreensiva é a falta de força nas pernas, no mais, tenho animado as pessoas que visitam, pois esperam encontrar uma moribunda e acham eu aqui, linda e loira, quer dizer, preta , gorda e viva, firme que nem poste no banhado. O que me faz pensar em como as pessoas vivem de aparência.  Pra estar doente, tem que estar caindo aos pedaços, se faço quimio, tenho que estar careca, senão é da fraca  (em essa quimio quase me mata), não posso rir, fazer piada, sair, ao mesmo tempo exigem de mim uma fortaleza, uma fé inabalável, um apetite voraz. Vai entender...
Por isso o “sei lá, entende”? Não sei ao certo como estou, amortecida talvez, esperando a próxima consulta pra saber as cenas dos próximos capítulos, e enquanto espero, vamos a ela, a vida! Mesmo que devagar, devagar, devagarinho... Seguir em frente é a meta. Afinal ...








Além do horizonte deve ter
Algum lugar bonito
Pra viver em paz
Onde eu possa encontrar
A natureza
Alegria e felicidade
Com certeza... 

15 comentários:

✿ chica disse...

Isso mesmo, seguir vida, devagar mas sempre e com a fé!!!beijos,chica

Cida Villela disse...

Liliam, vc é cada dia mais meu exemplo. Para a ciência eu também não tenho cura (câncer de pulmão com metástase) Já posso até aposentar por invalidez... Mas não perco a esperança que Deus vai me curar. Tenho buscado meus caminhos e ele tem me dado respostas. Não perca mesmo a fé! Nós conseguiremos! Grande beijo. Te admiro muito! Cida

Débora disse...

Lilian, sei que tem sido difícil, mas fico feliz que sua fé continua firme e forte.Porque como diz a letra de um hino que amo muito devemos louvar a Deus mesmo que não haja fruto na videira, flores no jardim,na alegria ou na dor devemos louvar, pois Ele é o nosso Senhor e Salvador!!
O nosso Deus é o Deus do impossível e para Ele não há impossíveis!!Ele pode tudo...Bjão.

Thati disse...

Lilian fala sério, você é a mulher!!!! Realmente esse momento é dificil, mas enquanto há vida há esperança, então vamos lá a gente fazendo a nossa parte e Deus cuidando do resto...To na torcida por dias melhores!!!! Beijão

Renata Cambuy disse...

Lilian querida, as palavras fogem numa hora dessa. Não sei muito bem o que te dizer, mas sei que vc é uma guerreira, uma fortaleza, um rocha. Mais um desafio para vc, hein? Estou aqui na maior torcida, te mandando os melhores pensamentos...
Um abraço.

Marina disse...

Oie!!! Cá estou eu! Você já está careca (está? dããã!) de saber que tô aqui sempre e para sempre na torcida. Médico acha que sabe de tudo, mas nem sempre sabe... Deus é maior, Deus é mais! E Nossa Senhora de Fátima está olhando por nós!! Te amooooo! Beijos!

O SOL do amanhã... disse...

Essa é a amada Lilian que conheço e a quem admiro ainda mais, é isso que vá pra PQQ esses homens de brancos que se acham o bam bam e nos tratam baseados em pesquisas. SOMOS UNICOS E NOSSO PAI É O TODO PODEROSO A QUEM NOSSO JOELHO SE DOBRA E FAZ O IMPOSSÍVEL, o negocio fica assim:
Os homens de branco faz o póssível e DEUS faz o IMPOSSÍVEL e posso te garantir que no final iremos rir da cara deles, pq terão que dedicar mais anos em estudos baseados na NOSSA CURA!!!
BJO ENORMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Tânia disse...

E chegou o momento de tornar sua fé, tal qual um passáro.Escolha uma cor pra ele....e o deixe livre.Um beijo no coração.

Angel love disse...

Lílian, a cada dia admiro mais você; sua força, sua garra, seu humor e sua fé inabalável! Já és mais que vencedora, e com uma cabeça dessas não há câncer que perdure, você já é um exemplo prá muita gente e ter´um testemunho de cura que ajudará ainda muitas pessoas. Não se esqueça nunca que o médico dos médicos é quem dá a palavra final e prá Ele, TUDO É POSSÍVEL!
Beijos minha linda!
Cris

Lilian disse...

Nossa, eu to emocionada com tanto carinho, ao mesmo tempo com medo de ser a mulher que talvez eu não seja, ou sou. sei lá entende? De qualquer maneira, reitero que não tomo como verdade na minha vida uma sentença de morte. Deus é mais e a Ele toda honra e toda glória, seja feita a sua vontade e se for eu viver, melhor ainda né...

Vera do sullllll disse...

Olá!
Sempre prática e segura do que diz e do que faz.... assim até a doença dispara,foge, fica com medo...
Otimismo dentro do possível e confiança no tratamento.
Continuo com os meus propósitos. Acredfitar sempre, na possível cura.
bjs

Marina da Silva disse...

Lílian,
Gostei do seu post e desse seu jeito de "brincar" com estas coisas. Fé e bom humor, mesmo que sejam só IRONIAS machadianas.Por não? torcendo por vc receba meu abração bem carinhoso! Marina

Ana Camões disse...

Minha querida, a Vida não é mesmo nada fácil... mas eu também ACREDITO que nada é por acaso e que o nosso DIVINO DEUS tem algo muito especial para casa um de nós!!!

Continua lutando, sorrindo e amando!!!

Muita Força!

Cristina disse...

Lilian
Gosto muito do modo como escreve, seu humor. Sabe somente Deus tem nossas vidas nas mãos, portanto é Ele quem nos dá a cura. Você é filha amada mesmo e o Pai está juntinho de você! Que as bençãos de Deus a cubra, dando força para a caminhada. Um grande abraço!

Diário de uma guerreira - Luta contra câncer de mama. disse...

Boa tarde, Lilian
Conhecei o seu blog através Onconguia.
Eu estou em tratamento, descobri câncer de mama em novembro/2011 e sei como é a luta como você.
Também como você fiz um blog para colocar as ações e reações com a doença e com o tratamento.
Desejo saúde e cura para você e para todos que estão enfrentando algum tipo de câncer.
Mari Claudia Lage

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!