quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Duas notícias. Uma é de chorar, outra para rir.

Jovem diz ter câncer e usa doações para viajar para Disney
A canadense Ashley Anne Kirilow, de 23 anos, foi presa na sexta-feira no Canadá depois que inventou que tinha câncer e usou o dinheiro arrecadado para ajudá-la no tratamento para viajar para a Disney, segundo reportagem do jornal "Toronto Star". De acordo com a polícia, a jovem fraudou grupos de caridade e centenas de pessoas que doaram dinheiro para ela realizar o tratamento contra a suposta doença. Ela chegou a raspar a cabeça e as sobrancelhas e parar de comer para parecer que estava fazendo quimioterapia.
A mulher criou a farsa em 2008, quando ela tratou um nódulo benigno em um dos seios. Após o caso, ela disse que foi diagnosticada com câncer de mama. Sensibilizados, amigos e outras pessoas doaram US$ 20 mil para seu tratamento. Ashley fez ainda amizade com grupos de caridade e recrutou voluntários que ajudaram na organização de eventos beneficentes. Uma organização, a Skate4Cancer, levou a jovem para Disney, pois ela afirmou que queria realizar esse desejo antes de morrer. Ela agora pode pegar até dois anos de prisão se for condenada por fraude.

Enfermeira é demitida por sair com maridos de suas ex-pacientes
Sara Dale namorou 3 homens depois que as mulheres morreram de câncer.
Ela foi afastada do hospital que trabalhava em janeiro deste ano.
A enfermeira Sara Dale, de 39 anos, foi demitida do hospital em que trabalhava em janeiro deste ano depois de ser acusada de namorar com três maridos de suas ex-pacientes, todas vítimas fatais de câncer. O hospital Queen Elizabeth NHS, em Norfolk, no Reino Unido, ouviu testemunhas que confirmaram o envolvimento da enfermeira com os homens, assim que suas esposas morriam.
Segundo reportagem do jornal inglês "The Sun", Sara Dale ainda foi afastada da instituição de caridade onde trabalhou nos últimos 13 anos. Ela teria usado o local para conhecer novos namorados.
Atualmente, Sara mora com Stephen Ellis, de 50 anos, que perdeu sua mulher no ano passado devido a um câncer.O caso pode ser levado para o Conselho Britânico de Enfermagem.


Duas notícias. Uma de chorar outra de rir.
A primeira é lamentável. Tantas pessoas lutando contra o câncer, passando por dificuldades financeiras, dependendo da caridade, do SUS, e uma jovem resolve brincar de ficar doente? Como se isso fosse uma brincadeira, porque se for, pare o ônibus que eu quero descer.
Pessoas e fatos assim fazem outras desacreditarem na humanidade, deixar de ajudar a quem precisa.

A segunda noticia ao meu ver é pra rir, não pelo fato lamentável que como na primeira noticia, reforça a podridão do ser humano, mas é pelo azar de nossos maridos. A enfermeira até que é sacudida, mas como a gente não pretende morrer... O destino deles somos nós mesmas, e quer saber? Eles estão no lucro, somos muito mais lindonas, sacudidas , poderosas e com muito mais caráter; só estamos dando um tempinho pra voltar mais radiante que nunca. Vamos orar por essas pessoas e força na peruca!

7 comentários:

Cristina disse...

Tem coisas que a gente nem acredita que um ser humano possa fazer não é? Mas existe de tudo...Concordo com vcs, vamos orar por todas essas pessoas, pois acho que elas perderam o equilíbrio rs... Tenham uma boa noite meninas! Bjssssssssssss

Mª do Rosario - Ro disse...

Fiz um comentario e consegui apagar ou sei lá onde foi parar..
Vamos again... Eu tô boba com a coragem dessas pessoas. No orkut participava de algumas comunidades relacionadas com o câncer. E lá fiz muitos amigos bons mas, fiz muitas orações para pacientes que nunca existiram... um horror :(
Abraços Doces

Natália disse...

Oi Amigas
Só tenho um comentário
Esta gente anda toda doida,Que Deus me perdoe,mas esta (menina) havia de saber o que era sofrer por ter a noticia de ter um cancer e o que nós passamos com tratamentos,exames,sustos,preocupações e muito medo do que possa acontecer,brincadeira feia mesmo...dois anos de prisão?
É pouco.

Quanto á enfermeira nem sei que dizer,mas penso que não estava a cometer nenhum crime,afinal os homens eram viuvos,isto parece um bocado macabro,mas acontece,eu tenho um tio que no dia que a minha tia faleceu,a senhora que tratava dela ficou logo lá em casa nessa noite e continuam juntos,se não fosse na minha familia e eu ver com os meus proprios olhos juro que não acreditava,nunca tinha visto uma coisa assim.
Como disse no principio está tudo doido.

beijinhos

Eliane Furtado disse...

Prefiro nem comentar. Brincando com o câncer.
Deveria fazer trabalho voluntário nos Incas por dois anos.

Lucia Lombardi disse...

Faco as mesmas , as palavras da Eliane. O amanha a Deus pertence, e o que plantamos sera o que colheremos.

câncer e minhas emoções disse...

O ser humano , so e dotado da misericordia por seu semelhante qdo aprende , quer seja por um lar fundamentado pelo amor de Cristo,ou sendo tocado pessoalmente por ele.. afinal ninguem pode dar o que nao tem, uma laranja jamais dara macas...Qto a enfermeira o que mais me parece e uma carencia extrema dos maridos uma forma um tanto estranha de se apegar ao passado.. ela" usou e se deixou levar dessa carencia .beijao!!!

Alda disse...

Olá, ao ler esta notícia, não resisti a publicar no meu blogue! Desculpe!
Anda tudo louco...
Beijinhos

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!