sexta-feira, 29 de junho de 2012

Ai que calorão...

To numa vontade de escrever, mas tem muita coisa em minha cabeça e tanto assunto que acaba não saindo é nada.
Então vim falar do que me aflige, a dor. Funciona "anssim", eu tenho dor, ai ou tomo morfina e fico fora do ar e não quero ficar dormindo o tempo que tenho ( e ultimamente ando tendo tempo demais) ou tomo um remedinho do mal chamado Gabapentina. Pois bem , li a bula, medrei, mas a dor me convenceu a tomá-lo, fiquei boa e me atrevi a ficar um dia sem o dito cujo, resultado? Dor de novo, então, volta dona gabá...
O problema é que depois de umas 4 ou 5 horas de ingerido, eu começo a ficar molinha, molinha, fora da casinha de tudo. Alguém ja teve crise de labirintite? Pois é bem isso, fico sem direção e o povo aqui em casa anda assustando com meus surtos. Não gosto disso de jeito nenhum, mas não há remédio, quer dizer, não há jeito, tem que tomar o bendito remédio, porque só ele me tira toda dor. Aliado a isso estou tomando o Anastrazol, e juntamente junto com a "menopausa induzida" depois da retirada do ovário, é calorão, é TPM mega-plus-master-big-power monstruosa, calorão, é pé gelado,gosto de cabo de guarda chuva na boa, calorão, falta de apetite, tristeza e eu já disse calorão? Isso que aqui está frio, todo mundo de coberta e eu suando. Ai como eu sofro...
Ando com tanta vontade de fazer algo e agora que tenho um pouco mais de tempo, fico por ai bebinha da silva-ssauro. Sem as quimios e o tratamento pesado ( viva \o/), minha agenda anda com lacunas e não a tenho preenchido. To com tanta vontade, tanta sede de viver. Uma vontade de catar os meus pincéis, fazer decoupagem em tudo que vejo, ajeitar minha casinha que a um ano me espera,mas cadê pernas pra isso?
Paciência é a palavra, sempre nessa caminhada. Só que to muito nervosinha pra ter isso. Ainda estou com vestígios de assassina em série, mas já passei por isso e sei que isto acabará.
Hoje pelo menos me aconteceu uma coisa bem legal, fui sondada para uma entrevista de uma grande empresa farmacêutica, não sei ainda nada do teor da entrevista, só fui sondada, mas assim que souber, me exibo, ops, eu divido com vocês...
Preciso ir, ja to sentindo a cabeça pesaaaada, num to tintindo mais nada...Só calorão...Pior que, para tristeza do marido, o calor , não é calor na bacurinha como todos maridos gostariam que fosse, outro defeito colateral, e esse eu não encontrei a bula, ou manual de instrução , só essa figurinha ai ao lado em que o lado A encaixa no lado B, mas não veio explicado onde encontro o lado A e o lado B, nem como fazer o lado B, querer o lado A. Nem como fazer pro lado A chegar ao lado B na secura que o lado B anda tendo, porque tiraram o lado C do lado B e o lado A se ferrou nessa porque... Vixi, mi si confundi toda agora.
Volto outro dia que não estiver tão confusa... Beijos

6 comentários:

O SOL do amanhã... disse...

Amada!!!
A médica tbm receitou esse tal Gabapentina pro Ricardo e realmente ajudou muito na questão dor, mas em compensação também o deixava tordoado, sensação de pura labirintite. Ele tbm achou melhor parar de tomar, porque é horrível ficar 24 horas trombando com as paredes...
Complicado isso né? Arrumamos o quarto e bagunçamos o resto da casa... Força!

✿ chica disse...

Gosto de ver que teu humor sempre alto, ri da história dessa figurinha...rs Que coisa, mas é assim,né? beijos,chica,tudo de bom!

Vera do sullllll disse...

Olá!
Escolha difícil ...dor ou confusõ.... não saberia o que escolher...
Com a certeza que tudo vai passar.. eque muita decupagem ainda vc vai criar, fazer e nos mostrar desejo que fiques bem.
Quando ao lado A encaixar-se no lado B aos poucos as coisa vão para o lugar certo... com auxílio de um gelzinho... tudo fica melhor.
Bjs

Vera do sullllll disse...

Veja eu só tomei um remédinho para dor de cabeça e já digitei com um monte de erros... Se te serve de consolo...
Bjs

Cacau disse...

Minha flor, eu caí aqui no teu blog depois da postagem da diva Margaret e me envolvi com sua história e com a de Bibi. Eu não sei o que é ter câncer, mas sei o que é ficar ao lado de quem tem. Eu não sei o que é ter dor, mas tenho artrite reumatoide e meu futuro quanto à isso é incerto. Aliás, tudo além de hoje é incerto pra todo mundo, né? E eu fico admirada dessa força que temos e que surge da adversidade, do instinto de auto preservação. O que eu posso te dizer pra que vc melhore? Que estou aqui do outro lado da tela te querendo muito bem, desejando que seus dias sejam amenos, que mantenhas o bom humor, que a tua familia se reúna mais e mais. Enfim, tudo de bom! Bjs.

daniel disse...

Beijos, maluquinha beleza!

Postar um comentário

Obrigada por ler o blog, fico feliz que esteja aqui. Deus nos abençoe!!!!